segunda-feira, 3 de maio de 2010

Aposto que te doi, que te magoa, que te faz pensar antes de adormeceres.
Mas vou-te contar um segredo e pode ser que assim te sintas mais leve...
Não estou a fazer nada que já não me tenhas feito.

1 comentário: