terça-feira, 8 de junho de 2010


"Quando batemos com a porta, também é para nós.
Precisamos que se abata sobre a nossa consciência esse estrondo final, como qualquer coisa de grandioso que se quebra, um enorme edifício que implode.
É fundamental bater com a porta, e com quanto mais força, melhor, principalmente se já levámos com ela na cara."

Sem comentários:

Enviar um comentário