sábado, 14 de agosto de 2010



Kiss me, oh kiss me,
If that can make it right


Now will you pick another?

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Não quero ter alguém que arrisque por mim
Não quero ninguém que siga primeiro o caminho
Não quero que ninguém me diga o que fazer e como faze-lo!
Eu quero ser eu ...
Quando quiser e bem me apetecer!
Hoje... vou pisar a linha , esticar a corda e abusar da vida!

terça-feira, 10 de agosto de 2010


É definitivamente aos 21..


Que admitimos que o pai e a mãe tem sempre mas sempre razão.
Que os manos continuam a ser os manos mais novos mas mais altos que a mana mais velha.
Que ainda não se perdoou tudo.
Que ainda há imensa vida para viver.
Que temos saudades de ter 18 anos.
Que temos de pensar seriamente em arranjar uma casa ou começar a juntar dinheiro para...
( Por vontade dos meus pais isso não acontecia.. xD)
Que ainda só se amou uma vez.
Que se descobre que temos mais conhecidos que amigos.
Que o pior e o melhor da vida ainda está a caminho.
.
É aos 21 que se tem as respostas de praticamente todos os porquês.

sábado, 7 de agosto de 2010


Sempre me disseram (e eu sei que é verdade) que sou transparente e que o meu olhar conta mais de mil histórias basta decifra-lo.
Tenho imensa pena que ainda não tenham percebido isso mas está na hora de me livrar deste peso que carrego sozinha a demasiado tempo.

"Por vezes, quando o coração está partido, a única procura que devemos iniciar é a procura de nós mesmas!"

quinta-feira, 5 de agosto de 2010




"Quando se gosta de alguém temos sempre rede, nunca falha a bateria, nunca nada nos impede de nos vermos e nem de nos encontrarmos no meio de uma multidão de gente. Quando se gosta de alguém não respondemos a uma mensagem só no final do dia, não temos hipotéticos acidentes de carro, nem nunca os nossos pais se sentiram mal a ponto de nos impossibilitarem o encontro. Quando se gosta de alguém, ouvimos sempre o telefone, a campainha da porta... Quando se gosta de alguém – e estou a escrever para os que gostam - nada nos impede de estar juntos, porque nada nem ninguém é mais importante, do que nós."